quarta-feira, 29 de maio de 2013

Quebra cabeças



Relação palavra x figura


 Atividade para trabalhar a relação  palavra x imagem. 
Materiais: 
Livros, revistas ou jornais para recorte.
Papel sulfite
Caneta
Tesoura
Recorte  figuras de livros, revistas ou jornais.Em tiras de papel sulfite, escreva  o nome da figura e  mais duas palavras semelhantes em ordem aleatória.
Apresente a figura para a criança, mostre o papel com as palavras escritas e peça-lhe para indicar qual palavra representa a imagem.
Essa atividade é excelente para a construção do sentido da escrita,  pois a criança  observa a  imagem e relaciona com sua representação na  forma escrita.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Poesia fatiada


O trabalho com textos poéticos busca criar condições para a ampliação dos conhecimentos prévios, linguísticos e pragmáticos, necessários para leitura e compreensão de textos literários.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Plano do AEE



Escola____________________________________

Sala de Recursos Multifuncionais

 Plano de Atendimento Educacional Especializado 2013

Nome:_____________________________________
Data de nascimento:    ∕     ∕   Idade:    anos  
Filho (a) de:_______________________________
Escola de origem____________________________________
Ano∕série:___ Turma:__ Professor titular: 
Nome do Professor do AEE:
Diagnóstico da Deficiência conforme  laudo:




PLANO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO (AEE)
1. OBJETIVOS
·Perceber-se como ser capaz de aprender acreditando em si mesmo e em suas possibilidades;
·Produzir história em quadrinho com coerência e coesão com o auxilio das tecnologias assistivas.
·Fazer-se entender em situações comunicativas;
·Produção de palavras, frases e textos no Word, seguindo ou não ilustração.
·Debater as ideias expressas no texto respeitando as demais opiniões;
·Audição de leitura com e sem imagem - notícias, propagandas, histórias, cartas, bilhetes etc.
·Narrar histórias conhecidas e relatos de acontecimentos, mantendo o encadeamento dos fatos e sua sequência cronológica, ainda que com ajuda;
·Exercícios de atenção e percepção para estimular a concentração.
·Resumir oralmente histórias ouvidas ou lidas;
·Leitura para apreensão das ideias com fluência, ritmo e entonação nos diversos tipos de textos;
·Identificar tema e ideia central de um texto lido;
·Inferir informação explícita e implícita nos gêneros textuais trabalhados;
·Escrever e revisar texto considerando as características do gênero proposto, empregando corretamente a língua padrão;
·Argumentar por escrito a favor ou contra uma ideia ou fato;
·Expressar claramente uma ideia dentro do tema proposto com coerência e coesão;
·Distinguir na comparação de textos de diferentes gêneros, as características gráficas e a organização de ideias apresentadas em cada um deles;
·Descrever personagens quanto as suas características físicas e psicológicas, de acordo com o texto;
·Empregar corretamente na escrita de textos a concordância verbal e nominal;
·Argumentar por escrito a favor ou contra uma ideia ou fato baseado em informação de gráfico ou tabela;
·Revisar o próprio texto;
·Substituir nomes por pronomes nas produções verbais;
·Resumir textos ouvidos ou lidos, preservando as ideias principais do autor.
·Produção de autobiografia.
·Atividades  com expressões idiomáticas.
·Produção de texto seguindo ilustração.
·Expressar sua opinião ou conhecimento acerca de um tema;
·Narrar acontecimentos ou histórias com começo, meio e fim;
·Comunicar-se com clareza, fazendo-se entender;
·Ler pequenos textos, atendendo a pontuação;
·Inferir informação explícita e implícita em textos;
·Reconhecer a divisão textual em frases e parágrafos;
·Escrever frases e pequenos.
·Escrever texto a partir de gravura ou tema, atribuindo-lhe título;
·Ordenar partes de um texto considerando a temporalidade;
·Escrever histórias contadas por outrem;
·Escrever pequenos textos em diálogos, usando o travessão, e a pontuação necessária.
·Elaborar lista temática;
·Recontar histórias lidas;
·Atribuir título ao seu texto escrito;
·Completar histórias iniciadas;
·Ampliar frases, acrescentando outros elementos;
·Escrever bilhete simples;
·Atender solicitações de mensagens orais.
·Realizar leitura de livros digitais
·Intervir em situações diversas relacionadas à vida cotidiana, aplicando noções matemáticas;
·Reconhecer e saber utilizar os números naturais básicos e necessários às diferentes circunstâncias do dia-a-dia;
·Utilizar jogos de raciocínio lógico para melhor compreender os conteúdos básicos matemáticos;
·Aplicar corretamente as quatro operações simples;
·Interpretar e desenvolver histórias matemáticas simples;
·Reconhecer e valorizar a linguagem de seu grupo social;
·Desenvolver a autoconfiança, a concentração e a atenção através de atividades artísticas, de arte-terapia.
·Atividades Práticas  no mercado escolar como compra, venda, troco, cheque, recibo, nota.
·Atividades praticas com material Dourado, escala Cuseinaire trabalhando as  operações matemáticas.
·Desenvolver conhecimentos sobre o reconhecimento e uso do sistema monetário nacional;fazer cálculos envolvendo valores de cédulas e moedas;
·Estabelecer relações e compreender os princípios decimais e posicionais do sistema de numeração;
·Realizar atividades práticas para a compreensão da tabuada.
·Utilizar convenientemente as quatro operações seja em situações cotidianas e ou resoluções de exercícios e expressões numéricas envolvendo ou não problemas;
·Reconhecer que uma mesma operação está relacionada a problemas diferentes e um mesmo problema pode ser resolvido pelo uso de diferentes operações;
·Utilizar divisores e múltiplos, compreender as representações fracionárias, explorar atividades que envolvam números primos;
·Utilizar com compreensão os conceitos de frações em comparações e operações fracionárias, bem como operações com números decimais;
·Utilizar medidas de tempo, superfície, massa e comprimento padronizadas e não padronizadas;
·Explorar e definir figuras geométricas no espaço e tempo, coordenando ações e atividades;
·Despertar a curiosidade para questionar, explorar e interpretar os diferentes usos dos números, reconhecendo sua utilidade na vida cotidiana;
·Coletar, apresentar e analisar dados, construindo e interpretando tabelas e gráficos;
·Calcular e interpretar a média aritmética em casos significativos para a compreensão da informação;
·Identificar e utilizar corretamente o sistema monetário brasileiro;
·Compreender que a multiplicação é soma de parcelas iguais;
·Identificar os números primos;
·Resolver situações-problema que envolva a ideia de dobro, triplo, quádruplo dúzia e meia dúzia;
·Identificar os principais sólidos geométricos;
·Diferenciar o cálculo de área, perímetro e volume de figuras e sólidos geométricos.
·Retomar os conteúdos das demais disciplinas do Currículo através de resumos, slides, PPS no Power Point.
·Uso dos recursos tecnológicos para auxiliar seu  processo de aprendizagem.
·Jogos para atenção, concentração, raciocínio e memória.
·Sentir-se integrado ao ambiente em que vive, valorizando-se como ser humano, ciente de que o seu bem-estar depende das ações que pratica no dia-a-dia;
·Situar-se no meio em que vive (casa, escola, quarteirão...);
·Identificar as estações do ano e vestir-se adequadamente a cada estação;
·Conhecer e observar valores básicos indispensáveis à convivência;
·Compreender e valorizar o outro criando laços de amizade, respeito e afeto;
·Saber usar das boas regras de convivência.
·Desenvolver a auto-estima;

2- ORGANIZAÇÃO DO ATENDIMENTO
Atendimento:
 Coletivo ( X )                         1 x semana               ( x) 2 horas
Individual (  )                                                         (  )  1 h e 30 m
segunda-feira
Terça feira
Quarta feira
Quinta feira
Sexta feira
       
  
      x
   
     x
Ações necessárias para atender as necessidades educacionais do aluno:
Âmbitos
Ações necessárias
Ações existentes
Ações que precisam ser desenvolvidas
Responsáveis
Pedagógico
Complementar
a aprendizagem
Atividades no AEE

Prof AEE
Psicológico 
Desenvolver a atenção e auto-estima
 Consulta psicóloga
Atendimento psicológico
Psicólogo












3- ATIVIDADES PEDAGÓGICAS A SEREM DESENVOLVIDAS NO ATENDIMENTO AO ESTUDANTE
·Incentivar-se-á a aluna através da valorização de suas ações nos atendimentos, partindo de suas experiências, utilizando jogos, histórias, PPS, conversas e acima de tudo evitando criticá-la por não ter conseguido alcançar o objetivo proposto, ajudando-a superar suas dificuldades, permitindo-lhe com naturalidade compreender que aprendemos fazendo, refazendo, praticando, sendo persistentes e que o importante é não desistir, e sim continuar tentando;
·Possibilitar diálogos enfocando a importância da participação e interação na sala de aula, fazendo a aluna perceber que vivemos numa sociedade onde temos que interagir, dialogar, colocar nossas ideias, defender nossos direitos e crescer como pessoa, tanto no desenvolvimento cognitivo, intelectual como social.
·Elaborar histórias orais diversas através de técnicas diferenciadas: figuras, fantoches, caixa surpresa, etc. Logo após, estimular a escrita da história, nomes dos personagens...
·Utilização de diversos tipos de jogos para que se efetive a alfabetização como: bingo de letras,sílabas e palavras, alfabeto silábico, dominó de palavras, jogo da memória (desenho X palavras, letras, palavras de encaixe).
·Atividades que estimulem a escrita e a leitura: a) cruzadinha, autoditado, caça-palavras; b) leitura, escrita e ilustração de poesias, parlendas, trava línguas e quadrinhas; c) expressar suas experiências por escrito, como também escrever bilhetes, convites e recados para as pessoas que desejar;
·Atividades em que o aluno exercite a sua compreensão matemática: historinhas nesta área e simulação de compra e venda utilizando o sistema monetário com notas e moedas de brinquedo;
·Uso de jogos de raciocínio, tomada de decisão, percepção, atenção e concentração, como: tangram, dominó de quantidades, adição, subtração, correspondência, jogo de varetas, memória, jogos com o material dourado;
·Realização de atividades no computador: a)jogos de alfabetização, raciocínio lógico-matemático, atenção, concentração; b) leitura de histórias em PPS, livros e jogos virtuais on-line.

4. SELEÇÃO DE MATERIAIS A SEREM PRODUZIDOS PARA A ALUNA
·Quebra-cabeças de desenhos, palavras e numerais (alfabetização e raciocínio lógico);
·Jogo da memória de palavras x figura,
·Bingo de letras, palavras, sílabas;
·Cruzadinhas de material xerocado com autoditado, cartas enigmáticas e textos diversos sobre o assunto que estivermos trabalhando e outros;
·Dominar irregularidades ortográficas: nh, lh, ch, ge, gi, gue, gui, que, qui, qua, rr, ss, sc, u, l, d, t, m, n, am, ão.
· 
·Confecção de fichas de leitura que serão construídas com a aluna com assuntos que preferir; textos fatiados, cartas enigmáticas.
·Seleção de jogos matemáticos que trabalham o raciocínio lógico como: dominós, tangrans e jogos que auxiliam na alfabetização: alfabeto móvel, alfabeto ilustrado, sílabas móveis, sequencia de frases e outros.

5. ADEQUAÇÃO DE MATERIAIS
·Neste momento adequar-se a apenas textos e atividades escritas de acordo com o interesse e as possibilidades da aluna.

6. SELEÇÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS QUE NECESSITAM SER ADQUIRIDOS
·Folhas de ofício, cola, tesoura, lápis comum, lápis de cera, lápis de cor, canetas, borracha;
·Cartolina;
·Figuras ou desenhos variados;
·Softwares que contenham atividades educativas;
·Cartão ou papelão para confeccionar quebra-cabeças, fichas de leitura e outros jogos.

7. OUTROS PROFISSIONAIS E/OU INSTITUIÇÕES QUE DEVERÃO SER ENVOLVIDOS
·Professores da sala de aula regular;
·Equipe diretiva e pedagógica da escola.
·Família
·Psicólogo

8. TIPOS DE PARCERIAS NECESSÁRIAS PARA APRIMORAMENTO DO ATENDIMENTO E DA PRODUÇÃO DE MATERIAIS
A família, os professores, a equipe diretiva e pedagógica escolar são parceiros naturais e já fazem parte do processo. Se for necessário faremos parcerias com profissionais da área da saúde.

9. RESULTADOS ESPERADOS
Os resultados obtidos serão cuidadosamente analisados para que se prossiga ou se retome as ações praticadas. Serão observados se estão de acordo com os objetivos propostos. Os resultados obtidos serão repassados para as pessoas que trabalham e convivem com a aluna e servirão como instrumento para a continuação ou não das ações que estão sendo desenvolvidas.



10. ORIENTAÇÕES SOBRE OS SERVIÇOS E RECURSOS OFERECIDOS AO ESTUDANTE NA COMUNIDADE ESCOLAR
( X ) Professor da sala de aula
(  ) Professor da Educação Física
(  ) Funcionários da Escola
 ( X ) Família
 (  ) Colegas da Turma
(  ) Outros. Quais?

11. AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS
“A prática avaliativa deve ser capaz de ir além de avaliar a aprendizagem, mas entender o valor individual de cada aluno, propiciando o seu crescimento como indivíduo e como integrante de uma sociedade. E que acima de tudo, seja uma avaliação envolvida com uma prática pedagógica real, inovadora, não excludente e muito amorosa”. (LUCKESI, 1996).
Desta forma, a avaliação terá como finalidade entender a individualidade da aluna, seu crescimento e desenvolvimento pessoal, sua interação no mundo em que vive, como também, se avaliará todo o processo, recursos e estratégias utilizadas no atendimento à aluna.
Pois, afinal é preciso ter sempre presente que a avaliação é uma atitude amorosa de nutrir, sustentar, confrontar, é uma relação de parceria entre aluno e professor, que visa melhorar a qualidade de vida do educando.

12. REESTRUTURAÇÃO DO PLANO
 (x) O Plano de AEE será reestruturado no momento que for necessário, ficando registrado a data e o motivo pelo qual houve modificações.


.
______________________________________
                                                                     
Professora da Sala de Recursos Multifuncional
                                                                                        Turno da Tarde